quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

AMO SUAS MÃOS


Suas mãos me acalma, desnudam meu corpo,
Seduzem minha alma, tocam minha intimidade
E neste frenesi de prazer invadem os mais íntimos vales de meu ser.
Suas mãos me ama, me deseja,
Excita minhas emoções deixando-me completamente entregue
Aos seus caprichos, as suas vontades e as perversões do seu querer.
Agora, ansiosa te espero com venda nos olhos
Imaginando você tocando meu corpo poro por poro numa fúria sem limite
Até que eu grite extasiada de prazer.

Jose Augusto Cavalcante

Nenhum comentário:

Postar um comentário